CARICATURAS AO VIVO - ZEL HUMOR . O MELHOR DA CARICATURA EM SUA FESTA ...

CARICATURAS AO VIVO - ZEL HUMOR . O MELHOR DA CARICATURA EM SUA FESTA ...
CLIQUE NA IMAGEM É SAIBA MAIS ...

domingo, 22 de setembro de 2013

CENTRO DE TRATAMENTO E REINSERÇÃO SOCIAL É INAUGURADO EM CABO FRIO

CENTRO DE TRATAMENTO E REINSERÇÃO SOCIAL É INAUGURADO EM CABO FRIO

Projeto pioneiro da prefeitura dará novas perspectivas aos dependentes de drogas.

Com a presença de autoridades, políticos e empresários, foi inaugurado na manhã deste sábado (21), o Centro Municipal de Tratamento e Reinserção Social de Cabo Frio - implantado exclusivamente com verba municipal – com capacidade para atender a cem pacientes.  Além do tratamento para dependência de drogas, a unidade pioneira no país terá ainda terapia ocupacional visando a capacitação para o mercado de trabalho.
O prefeito de Cabo Frio, Alair Corrêa, destacou em seu discurso a importância do projeto e a iniciativa do procurador Claudio Mansur, que cedeu um sítio em comodato à prefeitura sem nenhum tipo de ônus e por prazo indeterminado para abrigar o projeto.
“É um momento muito importante para nossas vidas e para a nossa sociedade. Estamos inaugurando hoje o que equivaleria a urbanização de ruas e construção de escolas e praças. Estou renunciando aos ‘foguetes’ para alegrar a vida de nossos irmãos, que não tiveram grandes oportunidades”, destacou o prefeito, acrescentando ainda que há 85 acolhidos e, em novembro, uma menina, nascerá no centro. “Teremos uma criança nascida aqui de um deles, a Yasmim Vitória.”
O deputado federal Aureo, Claudio e Cris Mansur e o prefeito Alair Corrêa durante a inauguração. Ao fundo, à esquerda, Walmyr Júnior, que esteve com o Papa Francisco na JMJ
O deputado federal Aureo, Claudio e Cris Mansur e o prefeito Alair Corrêa durante a inauguração. Ao fundo, à esquerda, Walmyr Júnior, que esteve com o Papa Francisco na JMJ
O prefeito prosseguiu seu discurso lembrando a dedicação da prefeitura pelo projeto. “Estou renunciando a uma rua por mês, uma escola por ano, para que vidas sejam salvas. Estou renunciando aos foguetes. O que é mais importante: essas vidas ou os foguetes?”, questionou, prosseguindo: “Quando convidei a Cris Mansur (secretária Municipal de Prevenção ao Uso de Drogas de Cabo Frio) para ser secretária, só pensávamos em inaugurar este centro de reabilitação no próximo ano. Mas o Claudio (Mansur) colocou sua propriedade à disposição sem custo nenhum e pudemos inaugurar hoje este centro. Isso precisa ser feito com o coração.”
Alair Corrêa também destacou as ações da prefeitura em benefício da população de Cabo Frio: “Vamos inaugurar cinquenta obras em Cabo Frio até o final do ano. Estamos subsidiando as passagens de ônibus. Diariamente são entre 25 e 30 mil passageiros por dia que pagam apenas 50 centavos por passagem. Nos demais municípios, a passagem custa mais que dois reais. A prefeitura gasta 2,2 milhões de reais em subsídio com essas passagens por mês. Gastar 150 mil reais com este centro não significa nada. Em oito anos, destruíram muito a nossa cidade. E em oito meses, eu reconstruí.”
A secretária Cris Mansur destacou sua dedicação com o centro. “É com muita alegria que estou aqui. Tenho vivido neste centro nas ultimas semanas com os acolhidos e serei para eles uma mãe, mas uma mãe chata daquelas que puxa a orelha. Temos a coragem de abraçar essas pessoas e quero que elas saiam daqui prontas para a vida. Estamos fazendo de tudo para que este projeto tenha o êxito que todos nós esperamos.”
O procurador Claudio Mansur, marido de Cris, falou sobre sua alegria com a inauguração. “Nunca senti uma emoção tão grande com estou sentindo nessa inauguração. Nada, absolutamente nada nem ninguém vai parar este projeto. Esses fanáticos derrotados serão expulsos de nossas vidas. Brigo até morrer”, disse referindo-se aos que se opunham ao centro. “Hoje é o dia da realização do maior sonho da minha vida”, finalizou.
Walmyr Júnior, que Integra a Pastoral da Juventude da Arquidiocese do Rio de Janeiro  e representou a sociedade civil no encontro com o Papa Francisco no Theatro Municipal durante a Jornada Mundial da Juventude, também participou da inauguração, e deu seu depoimento, elogiando a iniciativa da prefeitura.
Walmyr Júnior faz seu discurso, observado pelo prefeito Alair Corrêa
Walmyr Júnior faz seu discurso, observado pelo prefeito Alair Corrêa
Walmyr Júnior abraça o Papa Francisco, tendo ao fundo Dom Orani, durante a JMJ
Walmyr Júnior abraça o Papa Francisco, tendo ao fundo Dom Orani, durante a JMJ
“Vim aqui compartilhar com vocês a minha experiência e dizer a vocês que a juventude não pode ser criminalizada. Moro no Complexo da Maré, usei drogas por oito anos e tinha uma rotina  de entrar em hospitais e clinicas de reabilitação. Perdi o sentido da vida e a oportunidade de escolher. Outros grupos escolhem pela gente, e acabam, tomando conta da nossa vida”, disse, referindo-se aos que levaram ele às drogas. “Vocês são corajosos por estarem aqui. Eu tive uma mão para me segurar e vocês estão tendo também esta oportunidade.”
O deputado federal Aureo (PRTB) também esteve presente ao evento, e destacou a qualidade e excelente estrutura do centro. “Já visitei mais de quarenta centros de reabilitação no país e hoje em, Cabo Frio, atesto que este é o melhor de todos que eu conheci. Certamente este projeto vai chamar a atenção de todo o Brasil, porque é uma iniciativa da prefeitura e este tipo de ação cabe ao governo federal. Esse projeto vai mostrar ao país como se trata o dependente.”
A estrutura do centro
O Centro Municipal de Tratamento e Reinserção Social de Cabo Frio está localizado a cerca de seis quilômetros do centro de Cabo Frio, num sítio de propriedade do advogado e procurador da Secretaria  de Prevenção ao Uso de Drogas do município (Sepred), Claudio Mansur. Morador de Cabo Frio há mais de 30 anos e cidadão honorário da cidade, ele cedeu a propriedade em comodato à prefeitura.
Centro tem grande estrutura para tratamento de dependentes
Centro tem grande estrutura para tratamento de dependentes
O tratamento para dependência de drogas inclui ainda 12 tipos de terapia ocupacional que deverão capacitar as pessoas para o mercado de trabalho. O sítio onde está localizado o centro passou por uma reforma, a cargo do Município, para ter a infraestrutura necessária para receber os dependentes. O centro possui ainda com cinco piscinas, campo de futebol, quadra de vôlei, biblioteca, horta com 60 canteiros já em produção e dois lagos com uma boa quantidade de peixes. O local terá ainda em breve 16 tanques para piscicultura.
O centro conta com o trabalho de 45 voluntários que deverão fazer parte da “Ressurgência”, sociedade civil sem fins lucrativos, cujo nome faz referência ao fenômeno da correnteza marítima na região. Claudio Mansur explica que a sociedade irá organizar o trabalho voluntário em prol do centro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário