CARICATURAS AO VIVO - ZEL HUMOR . O MELHOR DA CARICATURA EM SUA FESTA ...

CARICATURAS AO VIVO - ZEL HUMOR . O MELHOR DA CARICATURA EM SUA FESTA ...
CLIQUE NA IMAGEM É SAIBA MAIS ...

sábado, 16 de março de 2013

ALAIR CORRÊA - ESCLARECIMENTO


Ontem uns vinte “líderes sindicais” e mais ou menos 100 funcionários públicos, em sua maioria ligados a partidos de oposição e integrantes do minguado grupo político dos adversários Marquinho, Janio, Zé Bonifacio etc. estiveram presentes numa manifestação em frente a Câmara Municipal reivindicando o que já foi conseguido há muito tempo. O PCCR com 98% já pagos e o restante, relacionado aos aposentados e pensionistas será atendido logo que o sistema no Ibascaf for implantado. Então observamos que é completamente desnecessário protestos de qualquer natureza contra a administração.
Ocorre que, esses mesmos “corajosos lideres” ficaram calados nos 8 anos do governo anterior que, além de não conseguirem melhorar seus salários, agiram como cordeiros, não protestaram, não fizeram greves, muitos deles ganharam portarias para seus familiares outros não deram aulas ficando lotados em outras secretarias tornando-se fantasmas do ex-prefeito e o aplaudiram enquanto ele deles debochava.
A maioria dos funcionários hoje condena essas manifestações, e até ficam surpresos com elas. Eu não, pois conheço esses “lideres”. Para mim não é novidade que eu tenha dobrado os salários da maioria dos funcionários e para os líderes sindicais ainda há motivo de insatisfação, enquanto os funcionários estão satisfeitos. Sou sabedor de que antes de serem dirigentes sindicais, são ferrenhos adversários políticos, eu poderia até aumentar o salário de todos em 10, 20 vezes mais que continuariam criticando e fazendo seus protestos, porque na verdade já não conseguem viver sem eles.
São pessoas que se frustram por não disputarem eleições e se revoltam como se nós fossemos culpados por não terem votos, não demonstram gratidão pelo que conseguem do adversário. Quando o prefeito acerta, como foi o meu caso ao conceder o PCCR, lhes faltam grandeza e humildade para reconhecer que adversário acertou. Eles agem exatamente de maneira inversa: quando percebem que os funcionários estão gratos por serem reconhecidos, como fizemos agora, matem um Estado de Greve após tão grande conquista para seus representados, somente pela tentativa desesperada e desnecessária em manter-se a frente deles como “lideres sindicais”, isto como se alguém desejasse o seu posto.
Alertamos a todos os funcionários para a postura agressiva dos dirigentes dos sindicatos contra um governo que corajosamente deu o seu desejado PCCR e o pagou. Os motivos alegados para os protestos são inconsistentes e fracos, se transformarmos em gastos o que falta pagar não representara 5% do que demos e já pagamos ,portanto o protesto não tem sentido algum, é pura política e nada mais. Tentam transformar um movimento político partidário como se fosse um ato sindical.
Deixo claro que concedi o plano unicamente por entender que os funcionários precisavam dele e não porque tivéssemos medo de diretores de sindicatos dialogamos sim, mas por respeito aos sindicalizados e repito não por medo de seus dirigentes. Enfatizo o seguinte, independente de protestos, pois essas iniciativas não me abalam, logo que eu tiver os números exatos do Plano em relação aos aposentados e pensionistas os pagarei, como também resolverei outras reivindicações de menor relevância, ESCLAREÇO O SEGUINTE: Não esperem, no entanto, que com ou sem protesto eu recue no caso do salários dos fiscais que vocês dirigentes querem que seja de $13.500 reais, fui justo com os mesmos ao ter passado seus salários de $ 2.700 reais para valor expressivo de $ 6.500 reais , mais de 100% de aumento igual ou até mais que dos demais funcionários. Vou repetir: podem protestar a vontade, mas $ 13.000 de salário, de forma alguma pagaremos.
Encerro informando a todos os funcionários da Prefeitura que um dia parado representa uma perda para o município de R$ 900.000.00 (novecentos mil reais) já que nossa folha é de $ 27.000,000,00 (vinte e sete milhões de reais). Concedi o seu plano e paguei, sou amigo do funcionário e pretendo assim continuar, nenhum dirigente sindical pode atrapalhar nosso bom relacionamento, vamos juntos construir nossa cidade.
                                                                     ALAIR CORRÊA 

Nenhum comentário:

Postar um comentário